quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Instituto Oceanográfico Paul Ricard - Ilha Embiez



Responsável: Presidente Patrícia Ricard
 Diretor Científico  professor Nardo Vicent

Visita à Ilha Embiez no Centro Oceanográfico Paul Ricardhttp://www.institut-paul-ricard.org/ 

 Em 28 de outubro 2013
A criação do Instituto Oceanográfico Paul Ricard nos anos 1963,  foi uma ideia explendida de Paul Ricard, em um momento onde o mediterrâneo estava em perigo. Este Instituto foi a maneira encontrada para que medidas fossem tomadas para a  proteção deste frágil  meio ambiente. A informação científica foi popularizada e assim o meio ambiente marinho foi (re) descoberto também pela população em geral. Todo o trabalho é feito de uma forma simples e acessível ao grande publico. Durante o verão europeu, meses de junho, julho e agosto, os cientistas e professores dão palestras sobre o Mar Mediterrâneo e oceanografia, a poluição é um tema sempre contemplado alem da aquicultura entre outros . Na Ilha dos Embiez, o Instituto abriga um aquário povoado por centenas de espécies mediterrâneas que é uma ferramenta de informação para o publico em geral e também para observação científica dos animais ali expostos.

Esq/dir.Sonia Mara, Carlos Belz, Nardo Vicente, Mariana e Debora
Existe um ciclo de conferencias para turistas durante todo o verão. Os palestrantes do Instituto são também convidados para intervirem em festivais e outros eventos relacionados ao meio ambiente marinho em Marseille e outras cidades na França .
Durante o ano, ao menos 5000 crianças visitam o Instituto Oceanográfico (Museu, aquário, biblioteca e espaço verde) e participam de atividades pedagógicas seguindo um programa de sensibilização para interagirem com  ao meio ambiente marinho. O Programa  desenvolvido através de varias atividades como por exemplo : concurso de desenho, conhecimento da Ilha entre outros.
O conceito de biodiversidade tem em seu bojo a necessidade de defender e conservar as espécies, plantas e animais por meio de medidas de proteção, legislação inclusive,  em todos os países de todo o planeta. 
As alterações da biodiversidade do mediterrâneo são em grande parte devido as atividades humanas, mudanças climáticas e as espécies invasoras.
Nardo Vicente e Pierre Passot 2013
Através de todo o trabalho desenvolvido no Instituto Oceanográfico Paul Ricard,  por seus colaboradores, cientistas, profissionais oceanógrafos, meio ambientalistas marinhos, biologistas,  estudantes, estagiários  procura-se, a cada dia,  construir  um contexto possível para o desenvolvimento sustentável  do Mediterrâneo.





Durante o programa organizado por Pierre Passot nos dias que antecederam ao 40° Festival Mondial de l’Images Sous Marine em 2013, tivemos a oportunidade de conhecer e visitar este local fantástico   sendo recebidos pelo Diretor Científico do Instituto, Senhor Nardo Vicente. 

Para os curiosos que desejarem conhecer um pouco mais, segue o endereço
  http://www.institut-paul-ricard.org/?La-genese 



Nenhum comentário:

Postar um comentário