quarta-feira, 14 de maio de 2014

Mergulhar na historia - Saint Pierre - Martinica 2014



Pierre Passot , mergulhador e colecionador apaixonado pela historia do mergulho, particularmente mergulho com escafandro, denominado em francês “Pieds lourds” , juntamente com Jacques Yves Imbert, mergulhador profissional e presidente de honra do Clube de mergulho “Papa D’ io “  em Saint Pierre - na Martinica, apresentaram a exposição  Mergulhar na Historia II, no Centre des Etudes de la Terre. Para esta  ocasião tiveram o apoio e a participação da Associação Filatélica PHILAPOST . A Exposição foi inaugurada no  dia 8 de maio em Saint Pierre – Martinica.

Acervo de Jacques Yves Imbert e Pierre Passot 2014

Acervo de Jacques Yves Imbert e Pierre Passot 2014

Para  ilustrar esta Exposição, disponibilizaram  ao publico, selos comemorativos que contam a historia fantástica da cidade de Saint Pierre  em vários momentos, coleção pertencente ao acervo da Associação Filatélica PHILAPOST.

Laetitia Kuhn 2014
Os  jornais de época e os  cartões postais pertencem  à coleção particular de Pierre Passot. O   material escafandrista de  Jacques Yves Imbert  foi  utilizados durante 2 meses para batismos de mergulho em ‘Pieds Lourds’ e despertaram a curiosidade do publico presente.
 Alain Coridon 2014
Jacques Yves Imbert et Pierre Passot 2014













Pierre Passot explica : Para mergulhar no mar  e movimentar-se embaixo d’água, os mergulhadores da época necessitavam deste tipo de vestimenta para melhor de mover no fundo marinho,  cujo conjunto  pesa em torno de 80 kilos.
A presença deste material nesta exposição corresponde bem a esta idéia, entrar e se aprofundar na historia da cidade de Saint Pierre e através de um olhar mais  amplo, a historia da Martinica. 

 A antiga capital da Martinica,  Saint-Pierre, ficou mundialmente conhecida depois da grande erupção vulcânica do dia 8 de maio de 1902, quando morreram 25 mil cidadaos e muitos navios naufragaram. Hoje, o local do naufrágio é um santuário para milhares de mergulhadores que vem do mundo inteiro conhecer uma parte da historia, submersa, mas visível,  nas aguas quentes e transparentes da baia de Saint Pierre. 






Nenhum comentário:

Postar um comentário